A CERIMÔNIA DO ARGOS 2017

1

Que tarde sensacional! A cerimônia do Argos 2017 superou as expectativas. Pude conhecer pessoalmente vários amigos virtuais, autores de quem sou fã, gente nova e reencontrar pessoas. A programação da Tarde Fantástica, na Universidade Veiga de Almeida, campus Tijuca, no Rio de Janeiro, teve exibição de animações e palestra sobre o consumo de ficção especulativa no Brasil, finalizando com a entrega do Argos 2017. A Estranha Bahia levou a 2ª colocação na categoria Antologias ou Coletâneas!!! É um grande feito pelo livro ser uma publicação independente e pela qualidade dos outros finalistas. Parabéns a todos os vencedores! Parabéns também ao CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica) por ser uma comunidade agregadora no fandom. No chope após a cerimônia, comentamos justamente as tantas coisas bacanas que podem surgir do encontro de gente talentosa e batalhadora da ficção especulativa nacional. E, finalmente, parabéns à comissão organizadora do Argos 2017, que fez um esforço tremendo para a realização desta edição, com direito a prêmio em dinheiro e livros cedidos pela editora Arqueiro. Que venha o Argos 2018 maior e melhor!

2

LISTA DOS VENCEDORES DO ARGOS 2017

ROMANCE:

Grande Vencedor:
O Esplendor, de Alexey Dodsworth, Editora Draco

Segundo Lugar:
O Caminho do Louco, de Alex Mandarino, AVEC Editora

Terceiro Lugar:
-A Fonte Âmbar, de Ana Lúcia Merege, Editora Draco

ANTOLOGIAS/COLETÂNEAS:

Grande Vencedor:
-Medieval: Contos de uma Era Fantástica, organizada por Ana Lucia Merege e Eduardo Massami Kasse, Editora Draco

Segundo Lugar:
Estranha Bahia, organizada por Alec Silva, Ricardo Santos e Rochett Tavares, Editora Ex! (auto-publicacao)

Terceiro Lugar:
-Mistérios do Mal: Contos de Horror, de Carlos Orsi, Editora Draco

CONTOS:

Grande Vencedor:
O Grande Livro do Fogo, de Ana Lúcia Merege, na antologia/coletânea Medieval: Contos de uma Era Fantástica, Editora Draco

Segundo Lugar:
-O Domo, o Roubo e a Guia, de Roberta Spindler, na antologia/coletânea Dinossauros, Editora Draco

Terceiro Lugar:
-A Noviça Escarlate, de Luiz Felipe Vasques, na antologia/coletânea Crônica da Guerra dos Muitos Mundos – Volume 1, auto-publicação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s