ESCREVENDO CENAS DE LUTA

719pCOg5PPL

Este livro é uma leitura rápida, que pode ser feita em poucas horas. A primeira metade é para iniciantes. Escritores que decidiram escrever cenas de luta mais convincentes e não têm nenhum conhecimento prévio do assunto. Gente que já pesquisa e pensa a respeito pode achar que os primeiros quatorze capítulos não trazem muita novidade. Para quem está começando do zero, é interessante porque reúne abordagens e dicas espalhadas por aí, em outros manuais e pela internet.

A autora fala sobre todo tipo de luta, com armas variadas e artes marciais, em diversos gêneros literários. Mostra poucos exemplos de textos e sem muita inspiração, só para o leitor entender, na prática, o que foi argumentado anteriormente. Também são utilizadas cenas de lutas em filmes e vídeos em que especialistas demonstram determinadas técnicas. Os links no livro levam diretamente aos vídeos no Youtube.

big_1462826577_image

Para especialistas, GoT tem cenas ruins de luta. Esta é uma das poucas coreografias elogiadas

Quem tem algum conhecimento sobre lutas de espada em ficção sabe que filmes e séries são geralmente péssimos exemplos. Qualquer especialista dirá que as melhores cenas desse tipo são, no máximo, bem coreografadas, são ótimo divertimento, mas estão longe do combate de lutadores reais e de registros na História. No caso da literatura, mesmo na fantasia, as cenas podem ser mais verossímeis do que em filmes e séries. No papel, exigimos mais empenho do autor e dos personagens. As melhores fontes de pesquisa são contos e romances de autores mais experientes ou consagrados, manuais de escrita e vídeos de especialistas em armas. Nem todos os vídeos mostrados no livro são interessantes. Existem canais melhores no Youtube, como Schola Gladiatoria e Skallagrim.

O livro fica bom mesmo a partir do capítulo 15, em que a autora fala sobre lutadoras femininas. Aliás, essa é a melhor parte, mostrando, principalmente para homens que escrevem, como mulheres geralmente se comportam em cenas de luta. Cada vez mais, elas têm ganhado espaço também na ficção científica e na fantasia. São personagens fora dos padrões anteriores, mais ativas e presentes em momentos decisivos, inclusive, na hora da porrada.  Mas mulheres lutam de maneira diferente dos homens e a autora explica por que e como.

Three-Covers1

A segunda metade do livro é mais rica em informações relevantes, com bons toques sobre a dinâmica da luta. Durante o embate, deve haver diálogo ou não? Como mostrar um lutador enfrentando múltiplos oponentes sem parecer forçado? Como utilizar as limitações do cenário para criar tensão? Como ajustar o ritmo do texto com a agilidade do que está sendo narrado?

Não sei se foi intenção da autora, mas a obra se torna mais interessante para quem procura melhorar a escrita de cenas envolvendo espadas, facas, adagas, armaduras, lanças, arco e flecha e armas afins. Ou seja, voltada mais para fantasia heroica, épica, aventuras de piratas e tramas históricas militares. As melhores dicas são nesse sentido.

Ao final, a autora mostra que entende do que está falando. Lemos duas cenas de luta de um romance e de um conto, publicados por ela. Nada excepcional, mas são cenas vívidas e envolventes.

Recomendo o livro porque o peguei no sistema de empréstimo da Amazon e foi uma leitura rápida. Se eu tivesse pago o valor para compra do e-book, quase R$20, ou do livro físico, quase R$50, e se fosse mais volumoso, eu ficaria bem chateado. Na verdade, eu ficaria puto.

Writing Fight Scenes, de Rayne Hall, 193 págs., Scimitar Press

AVALIAÇÃO: RUIM, REGULAR, BOM, MUITO BOM, EXCELENTE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s